,

Família Strasburger traz amigo dos EUA para conhecer Crissiumal

O jovem americano Jason Sheffield, natural de Naples (cidade localizada no estado da Flórida nos Estados Unidos) esteve visitando a cidade de Crissiumal na última semana. Acompanhado de seu amigo Arthur Strasburger, aproveitou alguns dias de suas férias para vir junto a Crissiumal, para comemorar a festa de 15 anos da irmã de Arthur, Gabriela Strasburger Dylis. Arthur e Gabriela são filhos da crissiumalense Ingrid Strasburger, que já reside há longa data no exterior.

A festa aconteceu na noite de sábado (05), nas dependências do Clube Aquático Dourado-CAD, e como só embarcaram de volta para os EUA na data de hoje, aproveitaram a semana para conhecer melhor a cidade de Crissiumal, seus pontos turísticos e um pouco de sua história.

Na tarde de terça-feira (07), Jason, Arthur e seu avô Armindo Alfredo Strasburger visitaram a prefeitura municipal, para conversar com o Prefeito e os Vereadores. O objetivo da visita era compartilhar idéias e também experiências vividas aqui no Brasil e nos Estados Unidos. A equipe do Jornal Colonial participou do bate papo entre os jovens americanos com o Presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Paulo Moacir Haas e a Vereadora Maria Elisia Tormes. Para possibilitar a comunicação, Arthur traduziu as conversas de Jason para com os demais.

Jason Sheffield

Jason comentou que esta foi a primeira vez que veio para o Brasil, e se mostrou encantado com as belezas brasileiras, com a natureza e principalmente com a cordialidade e humildade do nosso povo. Disse que as pessoas de Crissiumal o receberam de braços abertos, o que fez com que se sentisse muito à vontade, mesmo não sabendo falar português, mas com a ajuda do amigo, a comunicação fluiu bem.

Quando questionado sobre sua profissão, Jason falou que trabalha como assessor do Governo do Estado da Flórida. Inclusive, mostrou algumas fotos onde esteve cumprimentando e dialogando com autoridades de outros países, entre eles o embaixador do Japão, o Governador da Flórida, entre outros. Contou que seu avô é Juiz Federal dos EUA e seu pai também trabalha para o Governo, ou seja, é membro de uma família muito ligada à política americana.

Embora já esteja trabalhando há alguns anos, Jason ainda estuda, e estuda muito! Pois está se preparando para ingressar na Universidade de Harvard, uma das mais prestigiadas do mundo, onde pretende estudar Direito.

Conversando sobre os países

Antes de falar sobre seu país, Jason ressaltou muito a questão do turismo brasileiro. Em Crissiumal, ficou impressionado com o castelo da família Bonotto, acreditando ser um local com grande potencial de gerar economia para o município por meio do turismo. Disse que seria interessante haver um departamento de turismo, onde as pessoas pudessem pedir informações, mapas e saber quais pontos turísticos poderiam visitar na região, afirmando que deveria haver mais divulgação e propaganda desses locais. Comentou que nos EUA o turismo é mais explorado, dizendo que isso movimenta a economia, e que o governo apóia esse segmento. Disse também que há uma irmandade entre as cidades, onde uma encaminha os turistas para outra.

Jason também pediu para que os brasileiros cuidem do meio ambiente, pois além de ser a terra da floresta amazônica, é um país repleto de belezas naturais.

Quando questionado sobre os métodos políticos do atual presidente americano Donald Trump, Jason afirmou que o mundo só enxerga e conhece aquilo que a mídia quer mostrar, pois Trump foi eleito democraticamente pela maioria, e está desenvolvendo um trabalho muito importante na economia. “Se eu tiver que fazer um comparativo entre o Trump e o Temer, devo dizer que não muda muito, afinal, a corrupção existe em todos os países. E em relação à forma de governar, cada líder acaba tendo lados positivos e negativos, sendo impossível agradar sempre a todos”, comentou o jovem americano.

Em relação ao futebol, Jason disse que não acompanha muito, pois em seu país as pessoas jogam o futebol americano. Mesmo assim, disse que gosta muito do Ronaldo.

Comentou que a música gaúcha é muito diferente das que ouve em sua terra, mas que gostou muito da nossa cultura. Jason sabe cantar e tocar violão, e segundo relatos do vô Armindo, deu um show de música ao vivo na festa do CAD.

De modo geral, Jason afirmou ter gostado muito de Crissiumal, das pessoas, da comida, da música e de tudo o que conheceu por aqui. Antes da despedida, agradeceu a atenção de todos os servidores públicos de Crissiumal que o recepcionaram e deixou o convite para que algum dia também conheçam sua cidade, colocando-se à disposição para auxiliar no que for necessário.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer deixar o seu comentário?
Sinta-se a vontade para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × quatro =