Taça Orlando Germano Konzen define seus vencedores nesta sexta-feira

Final do campeonato acontece na sede da Associação dos Servidores Municipais de Nova Candelária

Faltando apenas dois jogos para definir os vencedores nas categorias veteranos e livre, o Campeonato Regional de Futebol Sete de Nova Candelária representou dois meses de competição, diversão e incentivo ao esporte. Organizado pela Associação Esportiva Cultural Candelária em parceria com o Conselho Municipal de Esportes (CMD), este ano, o campeonato homenageia um grande desportista de Nova Candelária, Orlando Germano Konzen, que iniciou sua história com futebol ainda na infância.

Com apenas 13 anos de idade, Orlando Germano Konzen estudava no Seminário São Miguel, de Crissiumal, onde era titular do time de futebol local. Entre 85 jovens, destacava-se pela habilidade e rapidez em campo.

Aos 15 anos, seu envolvimento com o esporte aumenta. “Em 1965, colaborei na fundação do Esporte Clube Rio Grandense de Duas Pontes. Na época, tínhamos poucos recursos, mas com força de vontade e muito trabalho criávamos nosso campo, nossa sede e ali, treinávamos e jogávamos muito futebol”, comentou Orlando.

Com o passar dos anos, sua paixão pelo esporte somente aumentava. Sua família, muito influente na comunidade, o incentivava muito. Orlando Germano Konzen também colaborou na fundação do Esporte Clube União de Sanga Bela, da equipe do Primeiro de Maio de Duas Esquinas e em 1983, incentivou e ajudou a criar a Associação Esportiva Nova Candelária, que se destacou muito na região, participando de campeonatos estaduais. “Posso dizer que naquela época, todas as comunidades faziam questão de ter seu time representante. Depois da Igreja, escola e um salão comunitário, o futebol era prioridade”, enfatizou Orlando Germano Konzen.

Mas não foi somente na participação e incentivo para a criação das equipes que Orlando destacou-se. Em todas elas, também atuava como jogador, vindo a “pendurar suas chuteiras”, como ele mesmo afirmou, apenas aos 60 anos de idade. “A prova de toda minha dedicação pelo esporte, são os troféus que com muita honra cuido e os mantenho no meu escritório. Eles representam uma época muito boa, em que o esporte era muito valorizado”, encerrou.

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer deixar o seu comentário?
Sinta-se a vontade para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × um =