,

Campanha da Vacinação em Crissiumal

No sábado, dia 13 de maio, o Ministério da Saúde realizou o Dia D de mobilização contra a gripe em postos de vacinação de todo o país.

Em Crissiumal, apesar do tempo chuvoso, cerca de 100 pessoas foram vacinadas no Posto de Saúde Central. Entre os grupos prioritários, a procura por vacinação para crianças atingiu as expectativas, sendo imunizadas, aproximadamente, 70 crianças, somente no sábado.

A meta, neste ano, é vacinar 90% do público-alvo, até o fim da Campanha. Entretanto, a Secretaria Municipal de Saúde alerta, que a procura por vacinação, dos grupos prioritários, está abaixo do esperado, considerando, poucos dias para o final da Campanha. E, principalmente, a procura por imunização dos professores, que foram incluídos nos grupos contemplados, este ano, também está muito baixa no município.

De acordo com Ministério da Saúde, a vacina demora, pelo menos, 15 dias para fazer efeito, por isso, a importância da vacinação o quanto antes para evitar o contato com o vírus.

Os pais que, ainda, não puderam levar seus filhos para vacinar ou quem está nos grupos indicados para tomar vacina terão, na quarta-feira, dia 17 de maio, mais uma oportunidade para se imunizar. A Secretaria Municipal de Saúde terá, no Posto Central (ESF’s 1 e 2), o funcionamento com horário diferenciado. O atendimento será exclusivo para vacinas, das 17h até às 19h. A vacinação continua nos horários normais, de segunda a sexta-feira, em todos os ESF’s, até o dia 26 de maio.

A vacina desta campanha é trivalente, com componentes dos vírus H1N1, H3N2 e B. As doses estão disponíveis nos postos de saúde para pessoas mais suscetíveis a desenvolver complicações devido ao vírus. Fazem parte do grupo de pessoas que pode se vacinar: Crianças de 6 meses até 5 anos; pessoas com 60 anos ou mais; trabalhadores de saúde; gestantes, puérperas (mulheres no período até 45 dias após o parto); pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais, além dos professores.

Ainda, de acordo com informações repassadas pela Secretaria, após a vacinação dos grupos prioritários e se houver sobras de vacinas, há a possibilidade de ser disponibilizada à população em geral. Porém, é aguardada a confirmação da liberação da mesma.

Por: Andréia Queiroz – Jornalista e Assessora de Imprensa da Prefeitura de Crissiumal

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer deixar o seu comentário?
Sinta-se a vontade para contribuir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um + dezenove =