,

Soberanas da Schweinfest serão escolhidas neste sábado

Os Pavilhões da Schweinfest de Nova Candelária estarão repletos de beleza e simpatia, no baile que definirá as novas Soberanas do município

Dedicação intensa, estudo e muita preparação fez parte dos cinco encontros em que as candidatas a Soberanas da 21ª e 22ª Schweinfest participaram, visando aprofundar seus conhecimentos e prepararem-se para a noite decisiva. A escolha está marcada para este sábado, 05 de agosto, nos Pavilhões da maior festa da suinocultura do Estado, em Nova Candelária.

Primeiro Encontro Soberanas

No primeiro encontro, as 11 candidatas tiveram uma manhã de aprendizado sobre o concurso, seu regulamento, e também, sobre a história do município de Nova Candelária. Na mesma manhã, elas receberam uma apostila com todo o conteúdo cobrado na prova teórica, que definiu a primeira nota das candidatas. Também passaram por uma preparação de passarela, onde aprenderam dicas de postura, desfile, porte, olhares, etc. Quem as orientou foi a Miss Horizontina Barbara Pais, que ficou classificada entre as 10 mulheres mais belas do Estado, na final do Miss Rio Grande do Sul 2016.

Dicção e oratória fez parte de um dos principais encontros preparatórios. Ser Soberana da Schweinfest envolve beleza, simpatia e muita oratória. As candidatas aprenderam com a Jornalista e Fotógrafa Maira Dill, técnicas discursivas, posicionamento de microfone e como fazer um discurso corretamente.

Encontro Soberanas 10-07-2017 (7)

Controle emocional, técnicas de respiração para o nervosismo e uma conversa com a Psicóloga Andressa Wille, deixou as meninas mais tranquilas para a noite da escolha, onde somente três receberão as faixas e coroas.

Para encerrar, as candidatas foram recebidas no último sábado com uma confraternização e uma manhã incrível, onde trataram de maquiagem. Com o auxílio da Gerente de Relacionamento da Natura Cosméticos Rosangela Scalco e a Consultora Natura Luana Kerber, receberam dicas de maquiagem, beleza e cuidados com a pele.

A noite de sábado promete ser cheia de emoções. O baile conta com a animação da Banda Brilha Som, Indústria Musical e Dj Daniel Ribeiro. Ingressos antecipados estão sendo vendidos em toda região.

Conheça as candidatas:

, ,

Cachoeira com mais de 20m de altura em Humaitá

Vivemos em uma região onde existem muitos lugares maravilhosos esculpidos pela natureza. É sempre bom passar um tempo longe do movimento e do barulho da cidade, em meio à floresta, na beira de um rio ou de uma cachoeira. Por vivermos no interior do estado gaúcho, somos rodeados de lugares lindos para conhecer, mas nem sempre tomamos a iniciativa de fazer um turismo com a família ou com os amigos, sendo que lugares assim podem estar há poucos quilômetros de casa.

Por indicação de moradores da cidade de Humaitá-RS, no domingo (30) a equipe do Jornal Colonial foi até o interior deste município para conhecer uma das mais altas cachoeiras da região, com mais de 20m de queda livre d’água. O local fica há cerca de 2km do trevo de Humaitá em direção à Alvorada, do lado esquerdo da estrada, onde há uma trilha que dá acesso à sanga.

Primeira queda d’água, com cerda de 15m

São duas quedas d’água formadas por paredões de pedra, sendo que a primeira cachoeira tem cerca de 15m e logo abaixo outra com mais de 20m de queda, segundo informações de moradores próximos do local. Para quem aprecia as obras da natureza, é difícil descrever o quanto esse lugar é especial, só vendo pessoalmente. Essas cachoeiras ficam em meio à floresta, onde o canto dos pássaros e o barulho da água batendo nas pedras forma um som tranquilizante e transparece um sentimento de paz. O som da água ecoa ao longo da mata.

Segunda queda d’água com mais de 20m de altura

Visitantes devem ter precauções

O local é de propriedade particular, e embora exista uma trilha para caminhar da estrada até na sanga, é preciso ter muito cuidado ao chegar no local para evitar acidentes. Esse recado serve para quem tem medo de altura e principalmente para quem não tem, pois o que mais importa é o cuidado e atenção. Crianças devem ir acompanhadas dos pais ou responsáveis.

Um lugar especial para um passeio com os amigos

, ,

Produtores de Bom Progresso buscam alternativas em armazenagem de Grãos.

Humaitá é um município que tem como base de economia a agricultura, tendo em suas principais atividades a produção de grãos e criações. Diante desses cenários o Escritório Municipal da Emater tem incentivado e orientado as famílias na autonomia em efetuar a estocagem e conservação de grãos em nível de propriedade.

Está prática que a Extensão Rural incentiva  é a construção de  silos secadores de alvenaria sendo uma boa alternativa para a propriedade familiar, em função do baixo custo e preservando a qualidade do grão armazenado.

A construção é simples, e pode ser feita a partir de materiais e mão de obra encontrada nas propriedades rurais.  A secagem se processa por meio da passagem de ar natural pelos grãos, realizada com ajuda de ventiladores. O ar não aquecido retira a umidade dos grãos de forma menos agressiva, evitando perda de qualidade durante o processo de secagem.

Tendo em vista que o Munícipio de Humaitá pelo número de silos construídos e pela de capacidade de armazenagem de grãos nas propriedades que hoje é de aproximadamente 58 mil sacas se tornou referencia regional nesta área. Assim mais uma vez o município de Humaitá foi visitado por produtores do município de Bom Progresso através da equipe municipal daquele município em parceria com a Sicredi Celeiro daquele Município.

Na visita a propriedade de Carlos e Adrieli Werner o Assistente técnico Regional Volnei Righi abordou a parte técnica que abrangeu desde a tomada de decisão para a construção, escolha do local, definição do produto a ser armazenado, construção do silo e manejo dos grãos armazenados.

Houve espaço para realização de debates entres os mais 25 produtores, 5 extensionistas da Emater e dois colaboradores da Unidade do Sicredi de Bom Progresso presentes no encontro.

A equipe do escritório municipal de Humaitá reforça o interesse e necessidade de executar ações já planejadas no que se refere ao manejo dos grãos nestes silos com os produtores do município, ações estas que serão realizadas no decorrer deste ano.

Agradecemos ainda a acolhida dos produtores Carlos e Adrieli que recepcionaram de forma muito acolhedora os participantes bem como os colegas do escritório da Emater de Bom Progresso pela escolha do nosso município e ao Sicredi daquele município pela iniciativa de fomentar esta atividade.

,

Prefeituras de Crissiumal e Nova Candelária recuperaram ponte intermunicipal

A Ponte, sobre o Rio Reúno, possui mais de 18 metros de comprimento

A Prefeitura de Crissiumal, através da Secretaria Municipal de Obras, realizou nesta quarta-feira, dia 05 de julho, a recuperação da ponte que liga o município de Crissiumal, na localidade de Lajeado Paca, ao município de Nova Candelária.

A ponte com mais de 18 metros de comprimento e com três vãos, havia sido danificada durante a enchente do Rio Reúno, no início do mês de junho, e foi necessário efetuar a substituição de pranchas e de vigas.

Os trabalhos de reforma foram realizados em conjunto com o município vizinho. Os valores de custas, de materiais e de mão-de-obra, foram divididos entre os dois municípios.

Após a última chuvarada, foram registradas mais de 20 pontes danificadas no município. Porém, a agilidade nos trabalhos, realizados pelas equipes da Secretaria de Obras, foi essencial para que essas pontes fossem rapidamente reparadas.

De acordo com a equipe da Secretaria, responsável pela recuperação das pontes, se as condições climáticas, na próxima semana, forem favoráveis, há a previsão de recuperação da ponte que liga as localidades de Cabeceira do São Vicente e Linha Brasil, a qual está seriamente avariada.

Fonte: Andréia Queiroz – Jornalista e Assessora de Imprensa da Prefeitura de Crissiumal
Fotos: Paulo Hartmann- PMC

,

Sistema Cresol Sicoper inaugura 70º Posto de Atendimento

Unidade inaugurada integra a Cresol Tangará

No dia 30 de junho, a Cresol Tangará inaugurou um novo Posto de Atendimento na cidade de Ibiam (SC), que passa a integrar a área de abrangência da Cooperativa que já contava com unidades em Fraiburgo, Pinheiro Preto e Videira. Na oportunidade, autoridades, funcionários e mais de 120 pessoas estiveram presentes no ato inaugural, realizado na sede da unidade, na Avenida Vinte de Julho, 846, no Centro de Ibiam.

Para Gilson Panceri Junior, Diretor-Presidente da Cresol Tangará, este é um momento importante para a Cresol, para o Sistema e para a comunidade. “Estamos na contramão da maioria das instituições financeiras, porque estamos inaugurando essa agência aqui em Ibiam, com o objetivo, principalmente, de atender o nosso associado que é daqui do município, assim como ampliar nossa rede de atendimento. Hoje, contamos com cinco agências e ampliando a abrangência, priorizamos o atendimento direcionado, personalizado, para o pequeno agricultor, o pequeno empresário, bem como as agroindústrias da região. A ideia é facilitar o acesso à Cresol e, principalmente, o acesso ao crédito, com recursos subsidiados, baixas taxas de juros e ainda ser uma opção para captação, que se possa, além de ganhar a remuneração, fazer parte da receita da Cooperativa.”

Segundo Antonio Luiz Vian, Diretor Financeiro da Cresol Tangará, desde que foram iniciadas as atividades já havia este planejamento de ampliação do atendimento. “O objetivo é estar junto à comunidade, gerando desenvolvimento e renda para a cidade”, destaca Vian. O vice-prefeito de Ibiam, Joares Trevisol, que marcou presença no ato, falou da importância da presença da Cooperativa no município, o qual, em sua grande parte, é agrícola, sendo este o setor que mais gera renda para a cidade.

Sobre Ibiam

Com aproximadamente 2000 habitantes, Ibiam possui uma economia baseada nas atividades agrícolas e pecuárias, contando com mais de 400 propriedades rurais que praticam culturas diversificadas dentro das mais avançadas técnicas de cultivo e manejo do solo.

,

Jovens Empreendedores de Humaitá apresentam sua nova fábrica de móveis

Algo que já é realidade para alguns e um sonho para outros, é ter em sua casa, apartamento, na empresa ou no escritório, todos os móveis sob medida. Os projetistas de móveis e ambientes estão sendo cada vez mais ousados, e a criatividade encanta a todos que gostam de viver em um ambiente bonito, organizado e aconchegante. A boa notícia é que muitas empresas conseguem projetar e produzir móveis exclusivos de acordo com o valor que o cliente tem disponível para gastar. Essa também é uma das estratégias e também um grande diferencial da fábrica de móveis – Casa Bella Móveis Exclusivos – localizada na Área Industrial de Humaitá-RS.

Casa Bella Móveis Exclusivos – localizada na Área Industrial de Humaitá-RS.

A Casa Bella é de propriedade dos sócios Maikel Erhart e Rodrigo Etier Peiter, e iniciou suas atividades no mês de fevereiro deste ano. Ambos já possuem uma considerável experiência na projeção, produção e instalação de móveis, sendo que Maikel é formado em Engenharia da Produção e possui Pós Graduação na área em que atua. Trabalhou 5 anos na linha de projetos de estruturas metálicas, época em que já desenvolvia informalmente projetos de ambientes. Há cerca de 4 anos, quando saiu dessa empresa, passou a trabalhar efetivamente em lojas do setor moveleiro, onde desenvolveu a maior experiência dentro deste ramo.

No início de 2017, com o encerramento das atividades de uma outra fábrica moveleira de Humaitá, surgiu a oportunidade de realizar o grande sonho: Ser dono do próprio negócio! Então, em sociedade, Rodrigo e Maikel adquiriram os equipamentos dessa fábrica, selecionaram e contrataram profissionais para iniciar as atividades.

Rodrigo já teve conhecimento empresarial, pois há longa data já administra uma Vidraçaria, onde projeta, comercializa e instala vidros, mármores, granitos, policarbonatos e demais produtos para construção civil, móveis e aberturas. A sociedade permitiu a união de experiências em duas áreas fundamentais para a produção de móveis.

Maikel afirmou que outra preocupação também foi a formação de uma equipe qualificada, e conseguiu contratar 4 profissionais já experientes que trabalham diretamente na produção e instalação dos móveis. “O profissional deve saber que a Qualidade está em primeiro lugar. O produto precisa chegar perfeito na casa do cliente, de modo que atenda as expectativas em relação aos tamanhos, modelo, cores, instalação, alinhamento, limpeza, entre outros aspectos que costumam ser avaliados pelo comprador”, comentou o engenheiro.

Carlos, Rodrigo, Maikel, Rogerio, Pereira e Alessandro

 Sobre a infraestrutura da empresa

Rodrigo afirmou que a fábrica Casa Bella dispõem de equipamentos de alta performance para a produção de móveis, dentre os quais pode-se destacar a máquina de corte – Seccionadora – capaz de produzir em grande escala e com cortes de precisão. Também a máquina para colocação de bordas (planas e arredondadas), que proporciona mais agilidade no acabamento das chapas. “Com essas máquinas, conseguimos reduzir nossos gargalos de produção e entregamos o produto em um prazo menor”, comentou. Além disso, a empresa também possui outras máquinas como tupias, esquadrejadeiras, ferramentas pneumáticas para montagem de componentes, lixadeiras e uma série de ferramentas elétricas.

Máquina de corte – Seccionadora

O ambiente disponibilizado para a produção é bem amplo, o que possibilita uma organização melhor das chapas, armazenagem dos componentes acabados, espaço para montagem. Há também um escritório onde os clientes são recepcionados para análise e negociação de projetos.

A empresa atende clientes de toda região noroeste do RS. “Almejamos aumentar nossa fatia de mercado, promover o desenvolvimento e crescimento da empresa, gerando também mais oportunidades de emprego”, afirmou Maikel.

Máquina para colocação de bordas

 Projetos e produtos oferecidos

É importante ressaltar que o projeto dos móveis também é feito pela Casa Bella. O projetista tira as medidas do ambiente e por meio de programas de computador, faz simulações dos ambientes com idéias de iluminação e gessos para que o cliente se sinta no espaço projetado, além de acompanhamento da obra.

O carro-chefe de produção hoje são os móveis sob medida. Mas também trabalham com divisórias de eucatex, forro mineral, forro de isopor e num futuro próximo vão iniciar a produção de cadeiras para escritório.

Cozinhas, dormitórios, home theater(sala), banheiros, bares, salas comerciais, escritórios, lavanderias e todos os ambientes que tiverem a necessidade de móveis, são produzidos por esta equipe. Em relação ao preço, Maikel explicou que há muita flexibilidade nos projetos, e varia de acordo com o que o cliente deseja, móveis mais simples ou mais sofisticados, tudo vai depender da ideia do cliente e quanto tem disponível para gastar.

Quem quiser conhecer melhor os produtos fabricados e oferecidos por esta empresa, pode também acessar a página no facebook “CASA BELLA Móveis Exclusivos”. ou nesse Link:

https://www.facebook.com/pg/casabellamoveisexclusivos/photos/?ref=page_internal

GALERIA DE FOTOS:

, ,

Três de Maio: Agronegócio em evidência na XV Expofeira

Diversos eventos integram a programação da feira, como concursos leiteiro e morfológico, leilão de gado, premiação dos maiores vegetais e oficina de queijos

A XV Expofeira prossegue até o dia 7 de maio com diversas atividades ligadas à área do agronegócio. Na expodinâmica, por exemplo, há exposição de um silo para secagem de grãos que pode ser fabricado pelo próprio produtor, além de demonstrações ligadas à pecuária leiteira. “Na agricultura familiar são 22 agroindústrias da região Noroeste e até mesmo de outras regiões do Estado. Há, também, a premiação dos maiores vegetais e a oferta de oficinas de fermentados e degustação. Há, ainda, o setor dos pequenos animais”, explica Diorgenes Albring.

No dia 29 iniciou o torneio leiteiro, tendo entre os representantes a cabana que bateu o recorde nacional na categoria jovem da raça Jersey. “Isso mostra o nível dos animais que aqui estão. Na chegada dos animais até prospectávamos a quebra de recordes nacionais e estaduais de produção de leite da raça Jersey adulta. Apenas por questões climáticas isso não ocorrerá, mas ficaremos muito próximos. Quanto à raça holandesa, estamos com animais produzindo mais de 60 litros/dia em três ordenhas. Nosso torneio leiteiro é um dos mais importantes da região, pois tradicionalmente as campeãs da Expofeira também se tornam campeãs na Expointer. Isso mostra a competitividade e o valor dos amimais aqui presentes”, complementa Albring.

Também ocorre a aquisição de animais através de um leilão de gado leiteiro, às 10h do dia 3 de maio. “Na sequência, nos dias 5, 6 e 7, quem não quiser participar do leilão, ainda poderá adquirir os animais que estarão expostos para venda, tanto leiteiros quanto de corte. O encontro de todas as ações vai ocorrer também no dia 3, às 14h, na entrega da premiação de todos os concursos, momento em que mostraremos ao público as características e animais que foram os vencedores de cada uma das categorias”, conclui Albring.

PROGRAMAÇÃO DA ÁREA RURAL

TERÇA-FEIRA – 02 de maio
8h às 17h – Concurso Morfológico da Raça Holandesa – Pista de Julgamento
9h às 16h – Seminário da Agroindústria Familiar: Diversidade e Renda – Restaurante Central
16h30min – Grande Campeonato da Raça Holandesa – Pista de Julgamento

QUARTA-FEIRA – 03 de maio
10h – Leilão de Gado Leiteiro – Raças Jersey e Holandesa – Pista de Julgamento
14h – Milk Break de Entrega da Premiação – Pista de Julgamento/Praça de Alimentação

QUINTA-FEIRA – 04 de maio
14h às 17h – Oficina de Fermentados + Degustação – Sede da Emater

SEXTA-FEIRA – 05 de maio
Oficina de Manejo de Ovinos – Junto à exposição de animais
14h30min – 6º Seminário do Agronegócio – Restaurante Central

SÁBADO – 06 de maio
Oficina de Manejo de Ovinos – Junto à exposição de animais
14h às 16h – Oficina de Queijos + Degustação – Sede da Emater
16h – Premiação Maiores Vegetais – Pavilhão 3 (Agricultura Familiar)

, ,

Justiça Eleitoral cassa prefeito e vice de Horizontina

     A Juíza Eleitoral de Horizontina Cátia Paula Saft julgou procedentes dois processos que pedem a impugnação dos mandatos eletivos do prefeito Antônio Otacílio Lajús (PPS) e Jones Cunha (PDT) apresentados pelo Ministério Público Eleitoral e por um dos candidatos ao pleito Nildo Hickmann (PT).
     A sentença já está com o Cartório Eleitoral da 120ª ZE e os envolvidos devem ser notificados nas próximas horas da decisão, da qual cabe recurso em segunda instância junto ao Tribunal Regional Eleitoral em Porto Alegre.
     Caso a sentença de 1º grau seja mantida os dois mandatários serão afastados dos cargos, assumindo temporariamente o Presidente da Câmara Municipal de Vereadores, enquanto é marcada pelo TRE a data para novas eleições.

Foto: Jornal Folha Cidade

     A expectativa é que a decisão final demore em torno de quatro meses. Neste período Lajús e Cunha permanecem nos cargos.
    A ação pede além da cassação dos mandatos a inelegibilidade dos dois políticos, julgada em parte procedente, pois neste campo, a procedência deu-se somente a Antônio Lajús, entendendo a julgadora da ação que Jones Cunha não teria cometido irregularidades que o tornassem inelegível.
     Não há maiores detalhes acerca dos fatos motivadores da decisão, mas sabe-se que a origem da AIME foi por propaganda eleitoral irregular na Internet e improbidade administrativa, com pedido de cassação de diploma, declaração de inelegibilidade e concessão de liminar contra os diplomas conferidos aos eleitos.
     O processo permanece em segredo de justiça, haja vista que as provas nele acostadas envolvem a vida privada e íntima de várias pessoas. Também há provas de outro processo emprestadas nas ações julgadas hoje. Uma nota da Justiça Eleitoral deve ser distribuída a imprensa nas próximas horas pela 120ª Zona Eeitoral.

Fonte: Jornal Folha Cidade/Paulo Marques

,

Família Weiss de Humaitá cultiva abóboras de até 1,58m de comprimento

30/03/2017

Cultivar uma horta, um jardim, frutas e verduras no quintal da casa, é uma atividade de lazer. Algumas pessoas fazem questão de produzir os próprios alimentos. Para quem mora no interior é normal ter uma horta grande ou uma plantação de mandioca, batata-doce, batatinha, feijão, abóbora, melancia, um pomar, etc. Mas para quem mora na cidade, se não tiver um terreno grande, o jeito mesmo é improvisar.

Hoje iremos relatar um fato muito interessante e curioso que aconteceu na cidade de Humaitá, na casa de Astor e Maria Lúcia Weiss. Eles cultivam no quintal da casa um pé de abóbora de pescoço que gerou frutos bem diferentes e maiores do que estamos acostumados a ver. Para ter idéia, as duas maiores abóboras atingiram tamanhos de 1,53m e 1,58m de comprimento. Outras acabaram crescendo em
formatos diferente, algumas pessoas até acharam uma abobrinha parecida com uma cobra verde, conforme podemos de na foto ao lado.

A notícia das abóboras grandes já se espalhou por Humaitá e região, e segundo relatos do Astor, muitas pessoas já foram visitar a casa deles para conhecer esses frutos, e a maioria quer algumas sementes! “Por enquanto eu não vou abrir essas abóboras para tirar as sementes. Pretendo mantê-las intactas o maior tempo possível, pois eu nasci e cresci trabalhando na roça e nunca vi uma abóbora desse comprimento”, disse Astor.

A abóbora da frente mede 1,53m e a de trás em forma de caracol, mede 1,58m

O fato das abóboras terem crescido nesse formato mais reto se deve ao lugar em que a planta se desenvolveu, ou seja, em cima do parreiral de uvas. Assim, a aboboreira se ramificou sobre a parreira e os frutos cresceram em direção ao chão, em virtude do peso. Normalmente, a aboboreira se ramifica pelo chão e as frutas crescem em curva e não ficam tão compridas, porém, um pouco mais grossas. Já as que cresceram sobre o parreiral ficaram mais finas e compridas. A natureza surpreende!

Um conhecido da família cultivava pés de moranga sobre a parreira, e Astor e Lucia sempre achavam interessante a forma com que as morangas ficavam penduradas debaixo do parreiral. Mas como não tinham sementes de morangas, decidiram plantar abóbora de pescoço que resultou nessas lindas e inusitadas frutas. A semente é originada de uma propriedade de Laejado Boi, local onde Astor nasceu e viveu muitos anos. “Eu não planejei muito, simplesmente cortei um galão de 20l, enchi com terra do próprio terreno e plantei 3 sementes. Depois que elas germinaram, eu arranquei duas, deixando somente a muda mais forte. Não coloquei adubo e não fiz nenhuma tratamento, somente dei água algumas vezes. Mas neste ano vou plantar novamente nesse sistema, e quero caprichar mais, para talvez bater o recorde no tamanho das abóboras”, comentou Astor, sorridente.

Explicou também que algumas abóboras deixou crescer livremente, em linha reta. Outras ele manipulou durante a fase de crescimento, para que tivessem formatos diferentes, como é o caso da abóbora em formato de caracol. “Para chegar nesse formato, todo dia eu forçava um pouco, mas com muito cuidado para não quebrar”, comentou.

A abóbora é plantada logo depois do inverno em meados de agosto e setembro. De acordo com os relatos dos mais antigos, a abóbora alimenta as pessoas a centenas de anos. Foi um dos alimentos que sustentou nossos antepassados, pioneiros dessas terras que trabalhavam muito, derrubavam mato, abriam lavouras, e sobreviviam da caça, pesca, mandioca, abóbora e alguns frutos nativos. Atualmente, ainda é muito utilizada principalmente para a produção de chimia e também sobremesas.

Texto/Fotos: Neimar R Ritter

,

AMUCELEIRO REALIZOU ASSEMBLEIA EM INHACORÁ

Prefeitos, vice-prefeitos, secretários municipais, assessores jurídicos e vereadores dos municípios integrantes da Amuceleiro participaram no último dia 16/03, de assembleia geral ordinária que contou com a presença do Dr. Gladimir Chiele, diretor da Consultoria em Direito Público de Porto Alegre, o qual abordou aos presentes pontos importante da Lei nº 13.019/2014 que estabelece o regime jurídico das parcerias entre a administração pública e as organizações da sociedade civil e repassou orientações gerais sobre as responsabilidades e riscos que os novos gestores estão submetidos frente à administração municipal.

Dr. Chiele

Público presente

O presidente da Amuceleiro e prefeito de Crissiumal, Roberto Bergmann, salientou que a presença do Dr. Chiele nas assembleias é muito aguardada pelos prefeitos tendo em vista o vasto conhecimento que o mesmo possui na área jurídica. “As orientações do Dr Chiele são fundamentais para os novos gestores nesse início de mandato e um dos papeis da Amuceleiro é trabalhar nesse sentindo, buscando auxiliar os prefeitos na função e administrar em conformidade com a lei, os municípios da região. ”, concluiu Roberto.

            Outros assuntos de interesse da Amuceleiro também foram tratados na assembleia que esteve inserida na programação do mês de aniversário do município de Inhacorá.